ROTARY CLUB SATÉLITE
guarde este endereço: www.geroi.com.br/clubesatelite
 

RESGATANDO AS ORIGENS DO ROTARY:

Com apenas 4 pessoas, de profissões diferentes (um engenheiro de minas, um comerciante de carvão, um alfaiate e um advogado), e o desafio de construir um banheiro público, a despeito da oposição da Associação dos Logistas da State Street e da Associação dos Cervejeiros de Chicago, foi dado o início de uma das mais extraordinárias organizações mundiais de serviços humanitários.

O ideal de Paul Harris já existia desde quando ele crescia e percebia que na aldeia todos se conheciam e era comum as pessoas cumprimentarem os negociantes nas suas lojas e quando ele foi visitar um amigo, já em Chicago, pensava subjetivamente "por que não haver em Chicago um agrupamento amigável composto de um homem de cada profissão, sem restrições políticas ou religiosas dispostos à tolerância às opinioes alheias"

No seu livro Meu Caminho para Rotary, Paul Harris diz à página 193: "O bem que o Rotary me trouxe não pode ser descrito. Ter amigos disseminados pelo mundo é uma bênção inefável. E mais ainda, ter consciência de que esses meus amigos são todos amigos entre si, que grandiosa doação divina! A saudação cordial que ilumina a minha alma e me leva, pelas asas da saudade à minha meninice: - Bom dia, Paul!- E essa, eu a recebo, qual uma música maravilhosa, de todos os meus companheiros, por onde quer que eu vá."

A grande crise por que passamos nos dias de hoje, no Brasil e no Mundo, nem se compara ao clima reinante em 1905, particularmente em Chicago, onde se debatiam paixões políticas beirando o fanatismo, intransigências extremas e encarniçada luta econômica.

Não é e nem será fácil como o que Paul Harris enfrentou. Veja seu depoimento colhido à página 197 do livro Meu Caminho para Rotary: "Era, para mim, quase uma frustração, o fato de que a maioria dos meus companheiros concebiam, como um sonho fantástico, a expansão do movimento rotário através do mundo. Nada é mais desconcertante que o olhar frio e o ar de mofa de amigos, de quem se espra apoio e colaboração. Compreendi, desde logo, que eu próprio, com minha ação pessoal, teria que provar a exequilibilidade do meu ideal. Puz-me, pois, ao trabalho de tentar implantar Rotary em outras cidades do páis. O meio único disponível era-me a correspondência."

Hoje, companheiros rotarianos, dispomos dessa magnífca ferramenta, a INTERNET, por ela podemos entrar em contato com milhares de familiares, amigos, clientes e conhecidos.

Seu clube tem dificuldade de expandir o quadro social?

Mire-se no exemplo desses quatro profissionais que reunindo-se semanalmente no local de trabalho de cada um deles agregou outros profissionais, comerciantes, industriários e líderes comunitários para formar o Rotary International, estimulando e fomentando o ideal de servir.

Veja todos os passos trilhados por Paul Percy Harris, desde a sua mais tenra idade até transformar seu sonho em realidade com ramificações no mundo todo. Faça o download do livro Meu Caminho para Rotary, escrito pelo próprio Paul Harris. (clique na figura abaixo)

 

ROTARY CLUB SATÉLITE

A idéia de um Rotary Club mais simples era, por muitos, acalentada há tempos.

Já dizia, o Conselho de Legislação de 2013 e representada na página 4 do MP de 2013:

Rotary Club Satélite

Um clube satélite funciona como um clube dentro de outro.

Os associados do clube satélite também são associados do clube padrinho.

Eles têm reuniões separadas, mas devem operar de acordo com as regras dos clubes tradicionais.

Referências a Rotary Clubs feitas neste manual também se aplicam a clubes satélites, a menos que indicado de outra forma.

[Regimento Interno]

Clube satélite: clube em potencial cujos associados devem também pertencer ao clube padrinho.

Todo associado de clube desfruta o privilégio de poder comparecer às reuniões ordinárias ou reuniões de clube satélite de qualquer outro clube.

MP 2016:

Reunião de clube satélite. Se amparado pelo Regimento Interno, o clube satélite realizará reuniões semanais em local, dia e horário acordados por seus associados. O local, dia e horário podem mudar de forma semelhante àquela especificada na seção 1(b) deste artigo. A reunião do clube satélite pode ser cancelada por qualquer uma das razões enumeradas na Seção 1(c) deste artigo. Os procedimentos de votação obedecem o que está estipulado no Regimento Interno.

O clube satélite convocará reunião anual para seus associados antes de 31 de dezembro para eleger seus dirigentes.

Seção 4 — Associação em clube satélite. Associados de clube satélite devem também ser associados do clube padrinho até o momento em que o clube satélite ganhar admissão ao Rotary International e ser oficialmente reconhecido como Rotary Club.

Seção 6 — Governança do clube satélite (quando aplicável). O clube satélite funcionará na mesma localidade deste clube ou em seus arredores.
(a) Supervisão do clube satélite. O clube padrinho deverá supervisionar e dar
apoio ao clube satélite.
(b) Conselho diretor do clube satélite. O clube satélite poderá eleger anualmente
dentre seus associados aqueles que formarão seu conselho diretor, para cuidar
das funções cotidianas do clube. Além dos dirigentes do clube satélite, o conselho poderá ter de quatro a seis integrantes adicionais conforme determinado no Regimento Interno. O dirigente de maior cargo será o presidente e os outros dirigentes serão o último ex-presidente, presidente eleito, secretário e tesoureiro. O conselho diretor será responsável pelas atividades diárias e administração do clube satélite, trabalhando de acordo com as normas, requisitos, políticas, metas e objetivos do Rotary, sob a orientação do clube padrinho. O conselho diretor do clube satélite não terá autoridade alguma sobre o clube padrinho.

Entrega de relatórios. Todo clube satélite deverá enviar anualmente ao presidente e ao conselho diretor do clube padrinho um relatório anual sobre seu quadro associativo, programas e atividades, junto com o relatório financeiro e auditoria das contas, para serem incluídos no relatório que o clube padrinho apresentará na reunião geral anual, assim como outros relatórios que o clube padrinho considerar necessários.

EXPERIÊNCIAS DE SUCESSO:

A tônica do Clube Satélite é INOVAÇÃO E FLEXIBILIDADE.

Mais simples de ser organizado, basta apenas 8 associados para a sua fundação e não há necessidade de se reunirem TODAS AS SEMANAS, bastando ter DUAS reuniões por mês. Mais tarde, com o clube formado e já tendo realizado algum projeto de melhoria da comunidade, o Rotary Satélite pode ser transformado em Rotary Club.

Veja os resultados no Distrito 4440 (Mato Grosso)

 

Veja a situação atual de clubes e rotarianos:

SITUAÇÃO EM AGOSTO DE 2.017
  CLUBES SATÉLITE NOVOS ROTARIANOS
No mundo 458 3.664
Brasil 37 376
Distrito 4440 18 220
Distrito 4500 7 80

Dos 18 Clubes Satélites fundados no Distrito 4440, 12 Satélites foram transformados em Rotary Tradicional e 6 continuam Satélites.

 

CLUBES SATÉLITE DO DISTRITO 4440

SATÉLITE

PADRINHO

ASSOCIADOS

Caramujo *

Cáceres

13

Rio Branco *

Cáceres

14

Glória D’Oeste

Porto Esperidião

08

Pedro Neca *

Porto Esperidião

08

Vila Cardoso

Porto Esperidião

08

Araputanga *

S.J. 4 Marcos

13

Jóia do Cerrado *

Sorriso-Ouro Verde

09

Sta.Clara Monte Cristo

Vila Sadia *

Vila Bela S. Trindade

Cácers

10

08

P.Lacerda-Guaporé  *

Cáceres

12

Cuiabá-Cidade Verde

Cuiabá

10

Teles Pires

Sinop

12

Poxoréu

Juina-Juara

Primavera

Juina

08

09

DISTRITO 4440

Situação em Agôsto de 2017

 DE SATÉLITE PARA ROTRY CLUB TRADICIONAL  = 12

Órdem

ROTARY CLUB DE

Região

01

Sorriso-Jóia do Cerrado

10

02

Cáceres-Caramujo

05

03

Araputanga

05

04

Rio Branco-Rota das Águas

05

05

Pedro Neca

05

06

Figueirópolis

05

07

Sinop Teles Pires

09

08

Cáceres-Vila Sadia

05

09

Pontes e Lacerda-Guaporé

05

10

Cuiabá-Cidade Verde

01

11

Poxoréu

12

12

Juara-Bela Vista

13

 

CLUBES SATÉLITE = 6

Órdem ROTARY CLUB SATÉLITE DE Região
01

Porto Esperidião-Glória D’Oeste

05
02 Porto Esperidião-Vila Cardoso 05
03 Vila Bela da Santíssima Trindade
Centro-Santa Clara de Monte Cristo
15
04 Cáceres-Pontes e Lacerda Guaporé 15
05 Cáceres-Vila Sadia 05
06 Cáceres Caramujo-Nova Esperança 05

 

Veja o "ranking" mundial da fundação de Clubes Satélite:

AGOSTO/2017
Taiwan 183
EUA 60
Brasil 37

Teu clube está necessitanto desenvolver o quadro associativo, isto é, está precisando aumentar o número de associados? As medidas que já foram tomadas não foram eficazes? Não trouxeram novos associados? Trouxe mas não ficaram?

É necessário uma profunda reflexão para entender o que acontece com o quadro social do teu clube. Nem tudo que parece é (clique na figura):

 

É preciso ALAVANCAR o desenvolvimento do quadro associativo. Alavancar significa usar a alavanca: Veja um exemplo de como não se deve usar o Efeito Alavanca (clique na figura):

 

É preciso usar o Princípio da Alavanca. Dizia Arquimedes de Siracusa 200 anos antes de Cristo: Dê-me uma alavanca que moverei o mundo".

O Rotary tem o Efeito Multiplicador. Veja seu funcionamento (clique na figura):

 

Use a força multiplicativa do seu Rotary Club:

Se o seu Rotary Club se reuni às quartas-feiras, você pode:

Fundar um Clube Satélite com os funcionários de um Shopping Center para se reunirem às segundas-feiras, a cada 15 dias. Os jovens são muito anciosos para realizarem um trabalho social. As empresas estão valorizando os funcionários que têm preocupação social.

Fundar outro Clube Satélite dentro da escolinha onde seu filho estuda. A criançada tem grande curiosidade sobre o crescimento das plantas e é fácil mobilizá-los para uma Horta Comunitária que é cuidada toda terça-feira.

Fundar mais um Clube Satélite com algum grupo já existente como os Escoteiros, Jovens de uma Igreja, estudantes de um Cursinho Vestibular para um enconto "relax" visitando hospitais, por exemplo, às quintas-feiras.

O importante é discutir e escolher logo um Projeto de cunho social e humanitário para ter um objetivo claro e uma realização a curto prazo. É a realização que nos traz satisfação e renova o desejo de fazer de novo.

Vejas as áreas em que o Rotary International concentra seus esforços, denominadas Áreas de Enfoque:

Vejamos cada uma das áreas individualmente:


PAZ E PREVENÇÃO/RESOLUÇÃO DE CONFLITOS

O Rotary apoia treinamentos e práticas de paz e prevenção/resolução de conflitos.
Propósito e metas:

A Fundação Rotária capacita os rotarianos a atuarem na área de paz e prevenção/resolução de conflitos ao:

1. Treinar líderes, inclusive jovens, para prevenir e mediar conflitos;
2. Apoiar atividades pró-paz em comunidades e regiões afetadas por conflitos;
3. Apoiar estudos ligados à paz e resolução de conflitos.

Parâmetros de elegibilidade:

Atividades nas categorias abaixo se enquadram na área de enfoque paz e prevenção/resolução de conflitos:

1. Atividades comunitárias voltadas a não rotarianos, como conferências e treinamentos que deem suporte a direitos humanos, combate à violência e estabelecimento da paz;
2. Workshops sobre resolução de conflitos que tratem necessidades comunitárias, como desenvolvimento de normas, atividades comerciais em áreas de conflito, reforma educacional e jornalismo sobre paz;
3. Apoio a iniciativas que tratem dos efeitos psicológicos causados por conflitos;
4. Ensino de jovens sobre medidas para prevenir conflitos;
5. Treinamentos ou campanhas para neutralizar dinâmicas sociais negativas, como combate à ação de quadrilhas e superação de diferenças;
6. Comunicação e mediação entre partes previamente envolvidas em conflito direto;
7. Equipes de formação profissional que atuem nas atividades acima;
8. Bolsas de pós-graduação em programas ligados à paz e resolução de conflitos.

Atividades nas categorias abaixo não se enquadram na área de enfoque paz e prevenção/resolução de conflitos e não são elegíveis a Subsídio Global:

1. Conferências sobre paz voltadas a rotarianos;
2. Matrícula em universidade parceira que abrigue Centro Rotary pela Paz em programa igual ou semelhante ao dos Centros Rotary pela Paz.

Elementos de equipe de formação profissional ou projeto humanitário de sucesso

Subsídio Global é:

1. Sustentável – a comunidade consegue tratar suas necessidades mesmo depois que o Rotary Club/distrito tiver concluído seu trabalho;
2. Mensurável – os parceiros podem selecionar critérios padronizados para sua área de enfoque, constantes do Kit de Monitoramento e Avaliação para Subsídios Globais, ou usar seus próprios critérios para verificar e divulgar o resultado de seus trabalhos;
3. Voltado à comunidade – elaborado com base nas necessidades reais identificadas pela própria comunidade;
4. Alinhado a uma área de enfoque – como definido nas diretrizes.

Elementos de bolsa de estudos de sucesso

Os seguintes itens são levados em consideração na outorga de Subsídio Global para financiamento de bolsa de estudos:

1. Experiência de trabalho do candidato com paz e prevenção/resolução de conflitos;
2. Alinhamento do programa de estudos do candidato com paz e prevenção/resolução de conflitos.

a. Dá-se preferência a programas na área de paz e prevenção/resolução de conflitos, estudos sobre paz e justiça, relações internacionais ou advocacia com especialização em paz e conflitos;
b. Possíveis programas incluem aqueles cujo foco é diretamente em assuntos de paz e conflitos;
c. Programas relativos a relações internacionais ou advocacia de caráter geral não serão considerados.

3. Planos de carreira do candidato em relação à paz e prevenção/resolução de conflitos.


PREVENÇÃO E TRATAMENTO DE DOENÇAS

O Rotary apoia treinamentos e práticas que reduzam as causas e os efeitos de doenças.


Princípios gerais das áreas de enfoque (abril de 2016)

Propósito e metas

A Fundação Rotária capacita os rotarianos a prevenirem doenças e promoverem a saúde ao:

1. Melhorar a capacitação de funcionários locais da área de saúde;
2. Promover programas de prevenção para limitar o alastramento de doenças transmissíveis e reduzir a incidência e as complicações causadas por doenças não transmissíveis;
3. Aprimorar a infraestrutura de saúde de comunidades locais;
4. Informar e mobilizar comunidades de forma a evitar a disseminação de doenças;
5. Prevenir deficiência física resultante de doenças ou ferimentos;
6. Apoiar estudos ligados à prevenção e ao tratamento de doenças.

Parâmetros de elegibilidade

Atividades nas categorias abaixo se enquadram na área de enfoque prevenção e tratamento de doenças:

1. Prevenção e controle de doenças transmissíveis

a. Testes e encaminhamento para tratamento;
b. Programas e materiais educativos sobre prevenção de doenças;
c. Fornecimento de veículos e equipamentos de tecnologia móvel para monitorar e tratar pacientes;
d. Equipamento para a infraestrutura local de saúde, incluindo operação e manutenção;
e. Iniciativas de prevenção, como vacinas, circuncisão masculina e profilaxia pré-exposição;
f. Fornecimento de aparato técnico e treinamento quanto a seu uso para rastreamento e monitoramento de diagnóstico e tratamento de doenças;
g. Tratamento de doenças transmissíveis que inclua componente de prevenção de doenças, treinamento de profissionais da saúde ou orientação sobre saúde pública para a comunidade.

2. Doenças trazidas por insetos ou outros vetores transmissores de patógenos

a. Fornecimento de mosquiteiros e remédios de prevenção;
b. Fornecimento de meios para evitar o acúmulo de água parada e treinamento que vise interromper a propagação de insetos transmissores;
c. Criação de sistemas de drenagem para prevenir e controlar doenças;
d. Remoção de todos os vetores transmissores.

3. Prevenção e controle de doenças não transmissíveis

a. Fornecimento de materiais e treinamento para prevenir deficiência física causada por doenças ou ferimentos;
b. Conscientização comunitária, programas de triagem e de intervenção antecipada para reduzir a incidência de doenças crônicas;


RECURSOS HÍDRICOS E SANEAMENTO

O Rotary apoia treinamentos e práticas em recursos hídricos e saneamento, visando acesso à água potável
e saneamento básico.
Propósito e metas

A Fundação Rotária capacita os rotarianos a atuarem na área de recursos hídricos e saneamento ao:

1. Promover acesso de todos os membros da comunidade à água potável, saneamento básico e higiene;
2. Fortalecer a habilidade das comunidades para que desenvolvam, financiem e mantenham sistemas de água e saneamento;
3. Informar as comunidades sobre a importância de saneamento básico, consumo de água limpa e hábitos de higiene;
4. Apoiar estudos ligados a recursos hídricos e saneamento.

Parâmetros de elegibilidade

Atividades nas categorias abaixo se enquadram na área de enfoque recursos hídricos e saneamento:

1. Acesso à água potável (fornecimento e qualidade);
2. Acesso a saneamento básico;
3. Melhores hábitos de higiene;
4. Desenvolvimento comunitário e administração de sistemas sustentáveis;
5. Gerenciamento de bacia hidrográfica e cultivo de alimentos que dependam da quantidade e qualidade da água;
6. Água para agropecuária;
7. Equipes de formação profissional que atuem nas atividades acima;
8. Bolsas de pós-graduação em programas ligados a recursos hídricos e saneamento.

Elementos de equipe de formação profissional ou projeto humanitário de sucesso Subsídio Global é:

1. Sustentável – a comunidade consegue tratar suas necessidades mesmo depois que o Rotary Club/distrito tiver concluído seu trabalho;
2. Mensurável – os parceiros podem selecionar critérios padronizados para sua área de enfoque, constantes do Kit de Monitoramento e Avaliação para Subsídios Globais, ou usar seus próprios critérios para verificar e divulgar o resultado de seus trabalhos;
3. Voltado à comunidade – elaborado com base nas necessidades reais identificadas pela própria comunidade;
4. Alinhado a uma área de enfoque – como definido nas diretrizes.

Elementos de bolsa de estudos de sucesso

Os seguintes itens são levados em consideração na outorga de Subsídio Global para financiamento de bolsa de estudos:

1. Experiência de trabalho do candidato com recursos hídricos e saneamento;
2. Alinhamento do programa de estudos do candidato com recursos hídricos e saneamento. Alguns exemplos de programas incluem engenharia e ciências hídricas, gestão hídrica, meio ambiente, epidemiologia e parasitologia;
3. Planos de carreira do candidato em relação a recursos hídricos e saneamento


SAÚDE MATERNO-INFANTIL

O Rotary apoia treinamento e práticas em saúde materno-infantil, incluindo redução da taxa de mortalidade entre menores de cinco anos de idade.
Propósito e metas

A Fundação Rotária capacita os rotarianos a atuarem na área de saúde materno-infantil ao:

1. Reduzir a taxa de mortalidade infantil de crianças de menos de cinco anos;
2. Reduzir a taxa de mortalidade materna;
3. Facilitar o acesso a atendimento e tratamento médico essencial para mães e filhos;
4. Apoiar estudos ligados à saúde materno-infantil.

Parâmetros de elegibilidade


Atividades nas categorias abaixo se enquadram na área de enfoque saúde materno-infantil:

1. Pré-natal;
2. Trabalho de parto;
3. Fornecimento de equipamentos de pré-natal e atividades informativas para clínicas e hospitais;
4. Iniciativas de capacitação para profissionais e líderes da saúde, como médicos, enfermeiros, trabalhadores comunitários e parteiras;
5. Iniciativas de capacitação para ajudantes de parto;
6. Atividades educacionais de pré-natal e criação de filhos para pais ou guardiães;
7. Iniciativas que expandam ou melhorem trabalhos comunitários relativos à saúde de mães e filhos;
8. Orientação e acesso a controle da natalidade, planejamento familiar, iniciativas de prevenção ou redução de doenças, como HIV/aids e papilomavírus humano (HPV);
9. Orientação e treinamento sobre saúde sexual, principalmente entre meninas adolescentes;
10. Equipes de formação profissional com enfoque em educação e treinamento nas áreas acima, seja em benefício do público em geral ou de profissionais e líderes da saúde;
11. Bolsas de pós-graduação em programas ligados à saúde materno-infantil;
12. Imunizações para crianças abaixo de cinco anos de idade;
13. Imunizações para meninas e mulheres;
14. Intervenções médicas para o combate da pneumonia, diarreia, malária e sarampo para mães e filhos abaixo de cinco anos de idade;
15. Intervenções médicas para reduzir o impacto de doenças sexualmente transmissíveis em mulheres, como HIV/aids, câncer cervical, gonorreia, sífilis, etc.
16. Prevenção da transmissão do HIV de mães para filhos;
17. Promoção da amamentação e outras intervenções para combater a desnutrição;
18. Cirurgia da fístula;
19. Cirurgias ou tratamento para correção da fenda palatina;
20. Cirurgias vitais e para curar problemas congênitos que contem com o suporte da infraestrutura local de saúde e com o devido acompanhamento pós-operatório.

Atividades nas categorias abaixo não se enquadram na área de enfoque saúde materno-infantil e não são elegíveis a Subsídio Global:

1. Missões médicas que não forneçam capacitação relevante no país do projeto.


Elementos de equipe de formação profissional ou projeto humanitário de sucesso


Subsídio Global é:

1. Sustentável – a comunidade consegue tratar suas necessidades mesmo depois que o Rotary Club/distrito tiver concluído seu trabalho;
2. Mensurável – os parceiros podem selecionar critérios padronizados para sua área de enfoque, constantes do Kit de Monitoramento e Avaliação para Subsídios Globais, ou usar seus próprios critérios para verificar e divulgar o resultado de seus trabalhos;
3. Voltado à comunidade – elaborado com base nas necessidades reais identificadas pela própria comunidade;
4. Alinhado a uma área de enfoque – como definido nas diretrizes.

Elementos de bolsa de estudos de sucesso


Os seguintes itens são levados em consideração na outorga de Subsídio Global para financiamento de bolsa de estudos:

1. Experiência de trabalho do candidato com saúde materno-infantil;
2. Alinhamento do programa de estudos do candidato com saúde materno-infantil. Alguns exemplos de programas incluem epidemiologia, nutrição, saúde pública, promoção da saúde, enfermagem e estudos em medicina;
3. Planos de carreira do candidato em relação à saúde materno-infantil.


EDUCAÇÃO BÁSICA E ALFABETIZAÇÃO

O Rotary apoia treinamentos e práticas para a melhoria da educação para todas as crianças e alfabetização de crianças, jovens e adultos.
Propósito e metas


A Fundação Rotária capacita os rotarianos a fazerem com que as pessoas tenham acesso contínuo à educação básica e alfabetização ao:

1. Fortalecer a capacidade das comunidades de fornecerem educação básica e alfabetização;
2. Aumentar as taxas de alfabetização entre adultos;
3. Reduzir a disparidade entre os sexos no acesso à educação;
4. Apoiar estudos ligados à educação básica e alfabetização.

Parâmetros de elegibilidade


Atividades nas categorias abaixo se enquadram na área de enfoque educação básica e alfabetização:

1. Melhoria da qualidade da educação de nível primário e secundário, envolvendo, quando possível, administradores educacionais locais;
2. Alfabetização de adultos;
3. Treinamento de professores em implementação de currículo, metodologias educacionais eficazes e/ou avaliação de estudantes;
4. Fortalecimento da educação por meio de melhores instalações e materiais escolares que complementem o currículo e/ou treinamento de professores;
5. Compra de carteiras escolares, desde que haja plano detalhado comprovando que a compra irá melhorar a educação básica e alfabetização;
6. Equipes de formação profissional que atuem nas atividades acima;
7. Bolsas de pós-graduação em programas ligados à educação básica e alfabetização.


Atividades nas categorias abaixo não se enquadram na área de enfoque educação básica e alfabetização e não são elegíveis a Subsídio Global:

1. Projetos que consistam exclusivamente da compra de equipamentos;
2. Projetos que cubram taxas ou materiais escolares sem os meios para que a comunidade forneça estes itens no futuro;
3. Projetos que a comunidade não consegue manter depois de usados os fundos do subsídio.

Elementos de equipe de formação profissional ou projeto humanitário de sucesso


Subsídio Global é:

1. Sustentável – a comunidade consegue tratar suas necessidades mesmo depois que o Rotary Club/distrito tiver concluído seu trabalho;
2. Mensurável – os parceiros podem selecionar critérios padronizados para sua área de enfoque, constantes do Kit de Monitoramento e Avaliação para Subsídios Globais, ou usar seus próprios critérios para verificar e divulgar o resultado de seus trabalhos;
3. Voltado à comunidade – elaborado com base nas necessidades reais identificadas pela própria comunidade;
4. Alinhado a uma área de enfoque – como definido nas diretrizes.


Elementos de bolsa de estudos de sucesso


Os seguintes itens são levados em consideração na outorga de Subsídio Global para financiamento de bolsa de estudos:

1. Experiência de trabalho do candidato com educação básica e alfabetização;
2. Alinhamento do programa de estudos do candidato com educação básica e alfabetização. Alguns exemplos de programas incluem ensino, alfabetização, elaboração de currículo, ensino de crianças e adolescentes com necessidades especiais, administração escolar;
3. Planos de carreira do candidato em relação à educação básica e alfabetização.


DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E COMUNITÁRIO

O Rotary apoia investimentos para o estabelecimento de avanços mensuráveis e duradouros nas vidas de pessoas e nas comunidades.
Propósito e metas
A Fundação Rotária capacita os rotarianos a atuarem em desenvolvimento econômico e comunitário através de investimentos no futuro das pessoas, criando melhorias sustentáveis, mensuráveis e duradouras em suas vidas e em comunidades ao:


1. Capacitar empresários, líderes comunitários, organizações locais e redes comunitárias para que promovam desenvolvimento econômico em comunidades carentes;
2. Desenvolver oportunidades de trabalho produtivo;
3. Reduzir a pobreza nas comunidades;
4. Apoiar estudos ligados a desenvolvimento econômico e comunitário.


Parâmetros de elegibilidade


Atividades nas categorias abaixo se enquadram na área de enfoque desenvolvimento econômico e comunitário:


1. Acesso de pessoas carentes a serviços financeiros, como microcrédito, poupança e seguro;
2. Treinamento relativo a desenvolvimento econômico e comunitário envolvendo empreendedorismo, liderança comunitária, ensino de ofício e de noções financeiras, etc.;
3. Desenvolvimento de pequena empresa ou cooperativa de negócios ou área social, e atividades de geração de renda para pessoas carentes, como abertura de pequeno negócio que propicie empregos;
4. Melhoria para a agricultura de subsistência e facilitação do acesso de pequenos agricultores aos mercados, ou outras iniciativas do gênero;
5. Atividades abrangentes de desenvolvimento comunitário e iniciativas tocadas pela comunidade;
6. Equipes de formação profissional que atuem nas atividades acima;
7. Bolsas de pós-graduação em programas ligados a desenvolvimento econômico local, regional ou nacional e outros voltados especificamente ao desenvolvimento comunitário.

Atividades nas categorias abaixo não se enquadram na área de enfoque desenvolvimento econômico e comunitário e não são elegíveis a Subsídio Global:

1. Projetos de infraestrutura comunitária, a menos que resultem em aumento significativo na capacidade dos moradores de produzirem e distribuírem produtos e serviços que gerem recursos pessoais;
2. Projetos de embelezamento de comunidade;
3. Construção ou reforma de centros comunitários.


Elementos de equipe de formação profissional ou projeto humanitário de sucesso


Subsídio Global é:

1. Sustentável – a comunidade consegue tratar suas necessidades mesmo depois que o Rotary Club/distrito tiver concluído seu trabalho;
2. Mensurável – os parceiros podem selecionar critérios padronizados para sua área de enfoque, constantes do Kit de Monitoramento e Avaliação para Subsídios Globais, ou usar seus próprios critérios para verificar e divulgar o resultado de seus trabalhos;
3. Voltado à comunidade – elaborado com base nas necessidades reais identificadas pela própria comunidade;
4. Alinhado a uma área de enfoque – como definido nas diretrizes.

Elementos de bolsa de estudos de sucesso

Subsídios Globais financiam bolsas para profissionais de carreira que tenham o objetivo de melhorar o bem-estar socioeconômico de pessoas carentes em comunidades pobres, de baixa renda ou desassistidas. A Fundação considera a experiência do candidato, o programa acadêmico e seus planos de carreira na outorga de Subsídio Global para financiamento de bolsa de estudos, além de:

1. Experiência de trabalho do candidato com desenvolvimento econômico e comunitário. O candidato deve mostrar como seu trabalho contribuiu ao bem-estar e melhoria econômica de pessoas ou comunidades carentes, de baixa renda ou desassistidas.
2. Alinhamento do programa de estudos do candidato com desenvolvimento econômico e comunitário:

a. Dá-se preferência a programas na área de ciências sociais com enfoque em desenvolvimento econômico e comunitário, e estudos em administração voltados a empresas que atuem no campo social, de microempresa ou de microcrédito;
b. Programas que são considerados favoravelmente incluem:

i. Formação de estratégias locais, regionais ou nacionais para desenvolvimento econômico de base;
ii. Resolução de problemas que se interpõem ao avanço econômico de populações e comunidades carentes, de baixa renda ou desassistidas;
iii. Desenvolvimento de empresas que atuem no campo social, como por exemplo o financiamento de MBA específico nesta área;
iv. Oferecimento de aulas sobre técnicas empresariais ou promoção de novas empresas em nível local, regional ou nacional;
v. Programa de estudos que tenha em seu nome o termo “desenvolvimento comunitário”;
vi. Treinamento de instrutor que trabalhe com pequenas empresas ou empreendedores.

c. Programas que não serão considerados:

i. Macroeconomia e área política e financeira, ou estudos puramente teóricos;
ii. Curso generalizado de administração, como MBA com enfoque que não seja o social;

3. Planos de carreira do candidato em relação a desenvolvimento econômico e comunitário.

a. Carreiras consideradas favoráveis incluem no mínimo um dos seguintes aspectos:

i. Enfoque no bem-estar e melhoria econômica de pessoas ou comunidades carentes, de baixa renda ou desassistidas em nível local, regional e nacional;
ii. Desenvolvimento de organizações sociais ou sem fins lucrativos;
iii. Assuntos relacionados à defesa de melhorias econômicas e sociais de pessoas pobres ou de baixa renda, jovens, mulheres, populações indígenas ou desassistidas.

a. Carreiras não favoráveis são aquelas relativas a atividades gerais de negócios em empresa privada ou serviços sociais gerais.


 

Veja a divisão do Brasil em Distritos:

Veja o agrupamento dos distritos em Seções Zonais (a partir de junho de 2017):

Zona 23 Zona 24
Zona 23-A Zona 24-A Zona 24-B
4630 4310 4390
4640 4420 4410
4650 4430 4490
4651 4440 4500
4660 4470 4520
4670 4480 4530
4680 4510 4550
4700 4540 4560
4710 4590 4570
4730 4600 4580
4740 4610 4720
4780 4620 4750
  4770 4760

s


DOWNLOAD DE MATERIAIS RELATIVOS AO CLUBE SATÉLITE:

FICHA DE INSCRIÇÃO NO ROTARY SATÉLITE PEDIDO DE CRIAÇÃO DE ROTARY SATÉLITE GUIA PARA A CRIAÇÃO DE NOVOS ROTARY CLUBS GUIA  COMO APRESENTAR O ROTARY A FUTUROS ASSOCIADOS  ÁREAS DE ENFOQUE DO ROTARY
         
MANUAL DE PROCEDIMENTOS 2013 MANUAL DE PROCEDIMENTOS 2016 LIVRO: MEU CAMINHO PARA ROTARY
VERSÃO EM PORTUGÊS, ILUSTRADA
FORMULÁRIO DE CONFIRMAÇÃO DE
ASSOCIAÇÃO PRÉVIA
NEWSLETTER DO DISTRITO 4500
       

Esta é uma página mantida pela grupo de trabalho formado por:
Antonio Zago - Governador 2012-13 do Distrito 4440 - Coordenador Assistente do Rotary Z-22 e Z23A;
Horácio Misawa - Distrito 4420
Roberto Massaru Watanabe - Distrito 4430

 

ET-16\RMW\geroi\RotarySatelite\ClubeSatelite.htm em 27/08/2018, atualizado em 03/07/2020 .

    RMW-210-06/08/2020